loading
  • 11 de abril de 2018

Engenharia sustentável: veja 5 cidades que se reinventaram

Nos últimos anos, a preocupação com a extinção dos recursos naturais permitiu à engenharia inovar e propor maneiras construtivas diferentes. Pensando na preservação do planeta e levando a sustentabilidade a sério, surgiu o conceito de engenharia sustentável.

Seus principais pilares são a consciência ambiental e o respeito pelos recursos naturais. O principal objetivo é garantir que os processos sejam mais eficientes e ecológicos, buscando melhorar o planeta, a atividade industrial e a maneira como consumimos produtos e serviços.

Algumas cidades se tornaram sustentáveis adotando hábitos que aumentam a qualidade de vida, preservam o meio ambiente e propiciam o desenvolvimento econômico.

Interessou-se pelo assunto? Então, continue a leitura deste artigo e veja 5 cidades que se reinventaram a partir da engenharia sustentável!

1. Malmo — Suécia

Composta por 300 mil pessoas, Malmo é a terceira maior cidade da Suécia. Ela herdou um passado industrial, mas conseguiu se reinventar e se tornar uma cidade sustentável.

A renovação começou em 2001, quando o antigo estaleiro foi transformado em um bairro ecológico. Hoje, a região é constituída por inúmeros jardins e parques e conta com um desenvolvimento urbano importante: a cidade não tem congestionamentos, pois abriga 425 km de ciclovias. Fantástico, não é mesmo?

2. Vancouver — Canadá

Vancouver adotou a sustentabilidade como lema. O objetivo é ser reconhecida como a cidade mais sustentável do mundo até 2020. O projeto iniciou nas Olimpíadas de Inverno de 2010, quando as medalhas recebidas pelos atletas foram feitas de restos de metal jogados fora.

Um grande diferencial da cidade é que 90% de toda a sua energia é produzida por meio de ondas, painéis solares, vento e hidrelétricas. Para o futuro, Vancouver espera reduzir o desperdício de água e a emissão de gases poluentes.

3. Reykjavík — Islândia

A região mais sustentável do mundo atualmente é a cidade islandesa de Reykjavík. Toda a energia utilizada é fornecida por hidrelétricas e usinas geotermais, e o transporte coletivo é realizado por ônibus que utilizam o hidrogênio como combustível.

O ar é tão puro que turistas de diversas partes do mundo vão a Reykjavík para conhecer o sistema de sustentabilidade. Pode-se destacar, ainda, que a localização geográfica é privilegiada, pois todos os dias as fontes geotermais geram 95% da energia necessária, abastecendo todos os edifícios.

4. Curitiba — Brasil

É a única representante brasileira que respeita os conceitos da engenharia sustentável. De acordo com o relatório Green City Index (Índice Verde de Cidades), Curitiba é a cidade mais verde da América Latina. Por isso, pode ser conhecida como a capital ecológica do Brasil.

A cidade se modificou nos últimos anos, passando de 18% de áreas descobertas para 26%. O índice de áreas verdes por pessoa é surpreendente: 64,5 m². Suas soluções de urbanismo e transporte já se tornaram modelo para outras regiões do Brasil.

5. Portland — Estados Unidos

As cidades americanas são conhecidas por terem avenidas largas e um amplo espaço para os veículos, mas Portland é diferente. Ela é reconhecida como o melhor lugar para andar de bicicleta nos Estados Unidos, e cerca de 25% da população utiliza as bicicletas diariamente.

A cidade também se comprometeu em reduzir a emissão de gases poluentes e utilizar materiais sustentáveis em suas construções. Inclusive, Portland foi a primeira do mundo a assinar o contrato de diminuição dos índices de emissão de CO2 na atmosfera.

A perspectiva para o futuro é grande: a meta é reduzir 80% das emissões de carbono até 2050. Um dos planos já em execução é a criação de um bairro inteiro de edifícios com o selo ambiental LEED (Leadership in Energy and Environmental Design).

A engenharia sustentável é uma tendência que veio para ficar. Os seus conceitos serão aplicados cada vez mais, tornando o seu uso um hábito e não uma exceção. E esse procedimento deve ser realizado quanto antes para que possa evitar maiores danos em nosso planeta.

Gostou do nosso artigo? Ficou interessado pela sustentabilidade na engenharia? Aproveite para conhecer também as 7 obras mais sustentáveis do mundo!

 

About the Author

LENNIE LAZENBY

Most people spend hours choosing the perfect sofa or the paint color for their living room, but they forget the importance of lighting. For a good living room lighting, it is important to use different kind of lights and at different levels that work together to create .

2 Comments

  • October 27, 2014 at 10:06 am

    LENNIE LAZENBY

    Good for you! Looks like you have been working really hard your entire life because such a big house must cost a fortune.

    REPLY
  • October 27, 2014 at 10:06 am

    LENNIE LAZENBY

    Good for you! Looks like you have been working really hard your entire life because such a big house must cost a fortune.

    REPLY

Leave a Comment

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit